Revezamento 4×400 m misto conquista a medalha de prata no Mundial

262
Foto: Adam Nurkiewicz/Getty Images

Após garantir a vaga na final, a Seleção Brasileira 4×400 m misto composta por Anderson Henriques, Tiffani Marinho (Orcampi), Geisa Coutinho e Alison dos Santos (EC Pinheiros) conquistou a inédita medalha de prata no Mundial de Revezamento, com 3:17.54 e confirma a vaga no Mundial de Oregon em 2022.

A medalha de ouro ficou com a equipe da Itália, com 3:16.60 e completando o pódio, a seleção da República Dominicana, com 3:17.58. A competição foi realizada no Estádio da Silésia, na cidade de Chorzow, na Polônia

Evandro, Alison, Tiffani, Geisa e Anderson
(Fernando Reis/CBAt)

Além do quarteto que entrou na pista, a seleção brasileira do 4×400 m misto, que é treinada por Evandro Lazari, conta com João Henrique Falcão Cabral e Tabata Vitorino de Carvalho.

Assim como o revezamento 4×100 m masculino, o revezamento misto 4×400 m também tem a vaga garantida para os Jogos Olímpicos Tóquio, que será realizado de 30 de julho a 08 de agosto.

Medalhista olímpica no revezamento 4×100 m feminino, em Pequim 2008 e vice-presidente da Federação Paulista de Atletismo, Thaíssa Presti parabenizou a seleção brasileira mista pela conquista da medalha de prata no Mundial da Polônia.

“Eu estive na equipe do 4x100m no mundial de revezamentos em 2015, é uma excelente competição para preparar para os Jogos Olímpicos. Infelizmente o mesmo erro acabou tirando uma medalha no masculino e no feminino as chances eram reais também. Erros acontecem mas fica o alerta para que não se repita. Os 4x400m misto estão de parabéns, e desejo que as equipes dos 4x100m se fortaleçam com esta adversidade rumo a Tóquio”, disse Thaíssa Presti, medalhista olímpica no revezamento 4×100 m feminino e vice-presidente da Federação Paulista de Atletismo.

Revezamento 4×100 m – Masculino

Com Rodrigo Nascimento (CT Maranhão), Felipe Bardi (Sesi/SP), Derick de Souza (EC Pinheiros/SP), Paulo André (EC Pinheiros/SP), a seleção brasileira do revezamento 4×100 m, fez uma excelente prova e fechou na segunda colocação, com 38.71, entretanto, por conta de uma pisada na linha, acabou desclassificada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here