Darlan Duarte, da Pacefit analisa atual momento da Corrida de Rua

83
Foto: Arquivo pessoal

Uma das mais antigas e importantes modalidades do atletismo é a Corrida de Rua. Nos dias de hoje, essa prática ganhou muita visibilidade e está sendo praticada por pessoas que estão em busca de qualidade de vida. Com isso, o ramo de assessoria esportiva cresce a cada dia. Com mais de 15 anos na área esportiva, o educador físico Darlan Duarte é co-fundador da Pacefit Assessoria Esportiva e já participou de provas como a Maratona de Berlim, Uphill, Maratona do Rio, além de diversas outras competições.

Com a empresa no ramo de corrida de rua, Darlan Duarte acredita que o atual momento deve servir para uma mudança de foco e principalmente um pensamento a longo prazo.

“A partir de agora existe uma necessidade de mudar o foco da motivação. Ao menos por um tempo, os treinos devem ter como foco à saúde. Isso ajudará no olhar mais amplo da modalidade, o que pode acabar ajudando a longo prazo, pois tira a “dependência” de metas”, explicou Duarte.

Pós-graduado em Biomecânica de Esporte e Treinamento Desportivo na Faculdade Metropolitana Unida (FMU), Darlan acredita que, com o isolamento social, as academias tradicionais sofrerão um impacto.

“Sem dúvida. Entendo que teremos duas ondas: a primeira, de pessoas que saíram da academia e treinarão online, e a segunda, que retornará à academia tradicional quando encontrarem a cura para esse coronavírus” comentou o educador físico.

Com diversas provas adiadas e o treinamento prejudicado, o educador físico não está muito otimista com o cenário após a liberação das atividades e a retomada dos eventos.

 “Acredito que os grandes eventos tendem a ocorrer de forma tímida, ao menos até à descoberta da cura ou vacina para o COVID-19. Nesse cenário, as provas virtuais tendem a ganhar espaço, pois muitos corredores não terão paciência para os procedimentos que serão necessários até não encontrarem a cura”, explicou.

Acreditando em uma retomada gradativa, o fundador das empresas Pacefit, Runplace e TCO – Treinamento de Corrida vê como determinante o papel da Federação Paulista de Atletismo na homologação das corridas de rua com a emissão dos Permits.

“Total. A segurança deverá estar em primeiro lugar, e deve haver uma busca por uma linha única de protocolo de medidas. Isso vai ajudar no retorno dos eventos de rua, que devem reiniciar menores”, disse Darlan, que já treinou mais de 1000 corredores ao longo de sua carreira.

Você pratica corrida de rua? Responda nosso formulário!

Conversando com diversos corredores de rua, eles não associam o esporte que eles praticam ao Atletismo. “Acredito que se refere ao fato da corrida de rua ser algo de execução natural, diferente de um salto triplo, por exemplo. Além disso, é uma modalidade que ele tem acesso, o que acaba associando mais à atividade física do que esporte”, finalizou Duarte.

Gosta de Corrida de Rua? Tem vídeo novo no nosso canal do Youtube
Aula de preparação física para corredores de rua!
Aula 2 – nível intermediário  com Drica Rustom
Parceria FPA com Equipe Equilíbrio Treinamento Personalizado e Eq_performance Assessoria Esportiva.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here