Cinco dicas que mostram a importância do descanso e recuperação

259
Um corredor faz uma pausa para descansar (Ketut Subiyanto) © Copyright

Uma das coisas boas que sairão da pandemia Covid-19 é um aumento na atividade física – há informações de que mais pessoas estão gostando de exercícios do que antes de o mundo entrar em bloqueio. Neste texto mostramos cinco dicas que mostram a importância do descanso e recuperação

Se você é uma das muitas pessoas que são novas na corrida, seu foco provavelmente será o treinamento – quando, com que frequência e quanto? Mas o seu descanso e recuperação entre as corridas de treinamento é tão importante quanto a própria corrida. Apesar disso, o descanso geralmente é esquecido e esquecido. Portanto, se você está apenas começando sua aventura de corrida, vale a pena pensar cuidadosamente sobre a qualidade e a quantidade de seu tempo ocioso.

Mara Yamauchi (Mark Clinton Johnson), corredora de longa distância e embaixadora da Asics © Copyright

Por que o descanso importa? Como expliquei em ‘Seja seu próprio treinador’, o ciclo de treinamento e adaptação é o que o torna mais rápido e em forma com o tempo. Portanto, não é apenas o treinamento que o torna mais rápido – a adaptação posterior é tão importante quanto, e um bom descanso e recuperação ajudam nisso.

Existem muitos processos diferentes que ocorrem durante o repouso, por exemplo, a reposição dos estoques de glicogênio (energia), a reparação das fibras musculares e a produção de novas células sanguíneas, entre outros. E o treinamento não é a única coisa de que seu corpo precisa se recuperar – o estresse e as tensões da vida diária, incluindo o trabalho, devem ser deixados para trás durante os períodos de descanso. Portanto, o descanso é absolutamente vital para correr.

1 Faça uma autoavaliação ao seu sono

A melhor forma de descansar é dormir. Isso é óbvio, mas muitos de nós não dormem o suficiente na qualidade e quantidade certa. Coisas como o ambiente do seu quarto (luz, temperatura, ruído, ventilação), rotina antes de dormir (refeições, atividades, tempo de tela) e horário de sono (hora de dormir, hora de acordar, consistência do dia a dia) valem a pena revisitar para garantir que você está fazendo o melhor para encorajar um bom sono.

2 Reabasteça logo após o treino

Quanto mais cedo você puder comer e beber após o treino, mais rápido seu corpo começará a se recuperar. Novamente, isso não é ciência de foguetes, mas é fácil se distrair e esquecer. O ideal é ingerir algumas proteínas e carboidratos (por exemplo, um smoothie de recuperação) dentro de 20 minutos de treinamento, seguido de uma refeição adequada quando o tempo permitir.

3 Descanse seu cérebro

O tempo de inatividade mental e a recuperação são tão importantes quanto o descanso físico. O treinamento é difícil e você precisa estar mentalmente renovado para fazê-lo. Portanto, atividades absorventes que o afastam completamente do treinamento, do trabalho e de outros compromissos são importantes para a regeneração mental. Se você estiver mentalmente esgotado, não terá vontade de treinar, mesmo que seu corpo esteja descansado.

4 Fique de olho em como você se sente

O automonitoramento é uma maneira útil de detectar problemas precocemente. Sua freqüência cardíaca de repouso, entusiasmo para treinar, humor, níveis de energia, mudanças no peso corporal e qualidade do sono são todos parâmetros que podem ser usados ​​para monitorar a si mesmo e julgar se você está descansando o suficiente ou não.

5 Ocasionalmente, pule o treinamento

A capacidade de decidir objetivamente quando você está cansado demais para treinar é uma habilidade que todos os atletas devem desenvolver. É claro que você precisa de autodisciplina para treinar consistentemente, mas isso precisa ser equilibrado com a compreensão de quando o descanso deve ter prioridade sobre o treinamento. Às vezes é uma chamada difícil. Mas haverá momentos em que a recuperação é mais importante do que o treinamento.

Espero ter persuadido você de que o descanso e a recuperação são partes essenciais da vida de um corredor. Intuitivamente, muitos corredores querem apenas treinar mais. Você tem que correr para melhorar, certo, então com certeza mais é melhor? Bem, às vezes sim, mas nem sempre. Se você ainda não pensou sobre isso, uma rápida avaliação da qualidade e quantidade do resto que você está recebendo pode realmente fazer você correr mais rápido.

Fonte: World Athletics

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here