Benefícios do treino de mobilidade por Lucas Teixeira

123

Hoje vamos falar do treino de mobilidade. De acordo com a OMS, antes mesmo da pandemia, 47% da população brasileira não praticava o mínimo de exercícios físicos para manter o corpo saudável; o que corresponderia a 150 minutos de atividade por semana.

Vivemos em um mundo em que a tecnologia nos induz ao sedentarismo e isso repercute negativamente em nossa saúde, trazendo doenças e estresse constante. E, com o isolamento social, muitas pessoas reduziram ou interromperam de vez suas atividades físicas.

O movimento é a chave para uma vida mais longa e livre de dores…nascemos para o movimento.

Portanto, o termo “mobilidade”, muito utilizado atualmente no ciclo fitness, nada mais é do que a expressão de um movimento suave, fluido, buscando atingir toda a amplitude articular.

Dentre os muitos benefícios do treino de mobilidade podemos citar a melhora da funcionalidade músculo-esquelética, da função dos órgãos internos e da simbiose entre músculos e ossos. Quem observa um “flow” – como também podemos chamar esse tipo de treino, usado até mesmo como forma de aquecimento – pode literalmente ver a conexão entre corpo, alma e espírito. Tudo integrado e harmonioso.

Cócoras

Ficar de cócoras é uma postura de descanso que recupera a mobilidade perdida e, como se opõe à hiperlordose, ainda é uma maneira de relaxar a região lombar.

Alonga desde a nuca até a sola dos pés. Alivia a pressão dos joelhos. Melhora a dorsiflexão do tornozelo, tornando sua corrida e caminhada mais eficiente. Além disso, melhora a mecânica intestinal e evita doenças do cólon

Cow-cat

Este exercício não só melhora a postura e flexibilidade, como também alivia sintomas de dor lombar e ciática. A transição suave de uma postura para a outra aquece o corpo e traz mobilidade para a coluna.

Quando esses movimentos são coordenados à respiração, há um alívio do estresse, desenvolvimento da consciência corporal e equilíbrio global. Alonga-se suavemente as costas como um todo, estimulando e fortalecendo os órgãos abdominais, uma vez que a musculatura do abdome é mantida em contração para execução do movimento.

Auxilia no alongamento da porção ântero-superior do tronco, trazendo a coluna para um alinhamento correto, evitando dores nas costas quando realizada regularmente.

3 dicas para começar a prática de atividade física:

– Encontre um local adequado para praticar as atividades físicas, como parques, praças e similares;

– Comece com uma atividade que não exige alto preparo físico;

– Praticar atividade física perto de casa não exigindo grandes deslocamentos, o que ajuda na manutenção desse hábito;

Bacharelado e Licenciatura Educação Física, Lucas Teixeira também é Pós graduado em Fisiologia e Treinamento Aplicados à Atividades, na instituição Universidade Salgado de Oliveira UNIVERSO. Atualmente é sócio-proprietário no Centro Treinamento ON TRACK -Boot Camp Movement Coach – ON TRACK



LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here