Assédio, homofobia, racismo e outras formas de preconceito, discriminação e abuso já não têm mais espaço em nossa sociedade. A FPA entende que pode impactar os direitos humanos de maneira positiva reforçando o combate a tais atitudes através da campanha BASTA!. Isso significa que adotamos medidas para prevenir e mitigar violações aos direitos humanos e repeito ao próximo em nossa instituição e nas atividades e eventos organizados pela FPA.

Convidamos todos a entender melhor sobre os temas e repensar nossas atitudes. Assédio, LGBTfobia e racismo existem e estão por trás de muitos comportamentos, expressões do dia-a-dia e "piadas". Não podemos mais naturalizar tais atitudes e brincadeiras porque ferem a dignidade das pessoas. O atletismo é conhecido, entre outras coisas, por ser um esporte democrático onde diferentes tipos de pessoas podem participar e se destacar. A natureza do atletismo é diversificada, então vamos aprender a respeitar a diversidade dos nossos atletas, técnicos, árbitros e público, vamos trabalhar para promover a igualdade e o respeito. Vamos juntos contribuir para criar ambientes esportivos mais saudáveis e uma sociedade melhor: BASTA!

Assédio

Assédio é qualquer comportamento abusivo ou agressivo de uma pessoa, que se utiliza do poder ou da confiança que estabeleceu com outra pessoa.

Assédio pode ser físico, moral ou psicológico. As vítimas de assédio sofrem impactos negativos sobre a saúde física e psicológica, afetando sua auto-estima, segurança e desempenho.

Para saber mais sobre os tipos de assédio, como identificá-los e como agir se for vítima de algum assédio, clique aqui.

LGBTfobia

O termo LGBTfobia não é tão conhecido, já que outro é normalmente usado como sinônimo para se referir ao ódio à população LGBT: a homofobia. Tecnicamente, essa expressão refere-se apenas à hostilidade direcionada a homossexuais – lésbicas e gays –, mas o termo se popularizou e é utilizado amplamente. Nesse sentido, Maria Berenice Dias – presidente da Comissão da Diversidade Sexual do Conselho Federal da OAB –, define a homofobia como o “ato ou manifestação de ódio ou rejeição a homossexuais, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais”.

Para saber mais sobre LGBTfobia e como agir se for vítima desta discriminação, clique aqui.

Racismo

O termo racismo não possui uma definição concreta e predominante, contudo, quase sempre, os conceitos utilizados para a definição convergem. De maneira mais simples, pode-se dizer que racismo "é o preconceito contra pessoas pertencentes a uma raça (etnia) diferente, geralmente considerada inferior".

De modo geral, podemos definir discriminação racial como “toda distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada em raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica que tenha por objetivo restringir ou diminuir a condição de igualdade nos campos político, econômico, social, cultural ou qualquer outro campo da vida pública”.

Para saber mais sobre Racismo e como agir se for vítima desta discriminação, clique aqui.