Atletismo Paulista brilha no Brasileiro Loterias Caixa Sub-20 de Atletismo

237
Foto: Wagner Carmo/CBAt

A Confederação Brasileira de Atletismo realizou entre os dias 22 e 24 de abril o Campeonato Brasileiro Loterias Caixa Sub-20 de Atletismo.

A competição, que aconteceu no Estádio do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, foi finalizada com dobradinha do Atletismo Paulista no quadro geral de pontos. Na primeira colocação esteve o A.D Centro Olímpico (177,5 pontos), seguido da equipe de Campinas, Orcampi (159 pontos).

No quadro geral de medalhas, o Atletismo Paulista confirmou o favoritismo e fechou o Campeonato Brasileiro Loterias Caixa Sub-20 de Atletismo no topo, com 40 medalhas: 15 de ouro, 11 de prata e 14 de bronze.

Representação da FPA

A Federação Paulista de Atletismo (FPA) foi representada no pódio pela presidente do Conselho Fiscal da FPA, Rosana Soares, e o conselheiro fiscal Zenilton da Rocha.

“O Atletismo Paulista mostrou sua força durante as provas do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Atletismo Sub 20, sendo São Paulo a grande campeã geral da competição, representada pela Federação Paulista de Atletismo. A importância deste resultado se traduz na visibilidade do Atletismo Paulista para novos investidores, a filiação de novos clubes, pois veem a seriedade e apoio que a FPA vem demonstrando e dando aos clubes e atletas filiados, com muita competência e transparência”, declarou Zenilton da Rocha.

Segundo o conselheiro fiscal, o desempenho do Atletismo Paulista no Brasileiro Sub-20 no campeonato foi um indício de um futuro repleto de resultados surpreendentes. “O Atletismo Paulista se tornará cada vez mais forte, o que foi já demonstrado neste Campeonato Brasileiro Sub-20, e consequentemente se repetirá nas outras categorias, continuando com o trabalho árduo dos clubes e principalmente com o apoio cada vez maior da Federação Paulista de Atletismo”, pontuou Rocha.

O presidente da Federação Paulista de Atletismo, Joel Oliveira, ressaltou a excelência dos clubes filiados ao Atletismo Paulista em sua participação no evento.

“Foi um desempenho incrível o que nossas equipes entregaram nesse Campeonato Brasileiro! Tivemos 28 clubes participando, e destes 24 pontuaram, ou seja, quase todas as nossas equipes tiveram finalistas, mostrando que a formação esportiva aqui no Estado está capilarizada”, destacou Joel Oliveira.

Joel ainda falou sobre a força do Atletismo Paulista do ano passado para cá, sobretudo por conta da qualidade dos atletas e técnicos. “Esse ano foram 40 medalhas, desempenho melhor que as 39 de 2021, e uma grande quantidade de PBs e índices para o Campeonato Mundial, mostrando uma nova geração brilhante de atletas e de treinadores, pois vários desses resultados foram fruto das periodizações dessa nova geração de treinadores que está se consolidando em elevada qualidade técnica”, avaliou.

Para o presidente da FPA, todos os envolvidos merecem aplausos. “Além disso, 39% dos inscritos eram de filiados FPA, mostrando que temos, além da qualidade, uma boa quantidade de praticantes de atletismo no estado, e que a recuperação das turmas pós pandemia já está surtindo resultados. Parabenizo todos os nossos atletas, treinadores, gestores, clubes e comunidade do Atletismo Paulista por essas conquistas!”, cumprimentou Joel.

Excelentes resultados

Vale dizer que a competição foi marcada por resultados importantes, como índices para o Mundial da Modalidade, PBs e títulos expressivos. A equipe Luasa – Taubaté (Ryan Gonçalves, José Eduardo Mendes, Enzo de Castro e Thiago Resende), por exemplo, que é campeã Brasileira no revezamento masculino 4×100 m, obteve 41.86 pontos.

José Eduardo Mendes, da Luasa, ainda garantiu outro excelente resultado. Com 13.54 (0.6), nos 110 m com barreiras, o atleta quebrou o recorde da competição e cravou o quarto melhor do ano na categoria Sub-20 do Ranking da World Athletics.

Força no Feminino

Vanessa Sena dos Santos, um dos grandes nomes do Atletismo Paulista e nacional, fez bonito na competição. Além de vencer a prova no salto em distância, com 6,35 m (0.3), a atleta do Centro Olímpico estabelece novo recorde brasileiro (Sub-18) e a melhor marca do mundo (Sub-18) e a terceira melhor marca na categoria Sub-20, no Ranking da World Athletics.

Foto: Wagner Carmo/CBAt

Lembrando que o ano de 2022 está sendo bem especial para Vanessa Sena. Com os excelentes resultados obtidos, a atleta já tem ao menos duas competições internacionais agendadas. Em maio, Vanessa irá representar o Brasil nos Jogos Sul-Americanos da Juventude Sub-18, na Argentina. Já no mês de junho, ela estará no Pan-Americano do Rio de Janeiro. Além disso, ela ratificou o índice para o Mundial Sub-20 de Cáli e se qualificou para o Mundial Escolar, que será realizado na França.

Também do AD Centro Olímpico, Aylana Cezar (Líder do Ranking Brasileiro Sub-20, nos 3000 m com obstáculos) deixou 2021 para trás e vem escrevendo seu nome nas pistas. A atleta abriu a competição já garantindo a medalha de ouro nos 3000 m, com 10:07.32. Depois, a atleta treinada por Luiz Gustavo Cândido fechou o Brasileiro também no lugar mais alto do pódio, na final dos 3000 m com obstáculos, com 10:57.03.

“Encerrando meu último brasileiro sub 20 com chave de ouro. Estou muito muito feliz com minha participação esse ano! Foi minha primeira vez conquistando o ouro na categoria e vieram logo dois (risos). Gostei bastante das minhas provas e da minha postura em geral na competição. Desde o ano passado (Brasileiro Sub-23) venho trabalhando muito minha mente e foco durante a competição, algo que me atrapalhava muito e me impedia de entregar 100%. Com esse começo de ano incrível fico muito contente em ver que estou entrando muito mais segura, confiante e consciente nas provas, assim conseguindo manter uma ótima constância e evoluir a cada uma delas!!! Nesse caso um obrigada em especial a @marifreitascorrea e @roysiqueira (psicóloga e coach mental) que fizeram parte desse processo e estão sendo fundamentais na minha trajetória até aqui!”, postou Aylana em sua rede social.

Feliz da vida, Aylana Cezar se diz preparada para ir além. “Depois da prova de hoje conquistei mais uma vaga para os Jogos Pan Americanos sub 20, agora nos 3000m com obstáculos. Vamos continuar treinando firme pata corrigir todos os erros e fazer os ajustes necessários para ir cada vez mais longe”, pontuou a esportista.

Foto: Wagner Carmo/CBAt

Após as seis etapas, a Comissão eleita no Congresso técnico virtual escolheu os dois melhores da competição e o resultado não poderia ser outro.

Vanessa Sena (Centro Olímpico) e José Eduardo Mendes (Luasa) foram eleitos os melhores do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa Sub-20 de Atletismo.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here