‘O Atletismo me ensinou a lidar com a frustração’, Julia Calabretti

614
Gabriela Calabretti (irmã), Célia dos Santos (mãe), Júlia Calabretti, Maurício Calabretti (pai) e Márcia Calabretti (avó) Foto: Matias Santana/Atletismo Paulista

Ela poderia ter ido para o vôlei, mas quis o destino que ela se apaixonasse pelo atletismo. Líder do Ranking Brasileiro Sub-18 do Salto com Vara, com 3,50 m e 4ª colocada no salto em distância e no salto triplo, com 5,72 e 11,44 m, respectivamente. Essa é Julia Calabretti (AD Centro Olímpico), que onde compete conta com apoio, torcida e presença da família.

No Campeonato Paulista Loterias Caixa de Atletismo Sub-18 realizado nos dias 14 e 15 de agosto, na Pista de Atletismo CEAR – Swiss Park, em Campinas, a família Santos Calabretti chegou cedo e mesmo do lado de fora achou uma sombra e mesmo de longe compareceram para apoiar a representante da família no atletismo*.

Foto: Matias Santana

“Desde a peneira no Centro Olímpico, quando ela tinha 10 anos, sempre acompanhamos a Julia, sempre mesmo, fomos até no Brasileiro Sub-16 que aconteceu em Fortaleza, desde então não perdemos nenhuma prova. Não importa se faz sol ou chuva, sempre estaremos ao lado dela. Aqui para o Paulista Sub-18 chegamos cedo para achar uma sombrinha”, disse o pai Maurício Calabretti.

“Eu me emociono a cada salto da Julia e ela está melhorando a cada prova, o brasileiro está chegando, agora é aguardar e ver se melhora ainda mais essa marca para conseguir uma vaga no Sul-americano e quem sabe Mundial”, completou a avó, Marcia Calabretti.

Inspiração e início no Atletismo

A inspiração para iniciar no esporte veio da mãe, Maria Célia dos Santos, ex-atleta barreirista e do salto em distância e assim como a Julia, também vestiu a camisa da equipe Centro Olímpico.

“Eu comecei no esporte com vôlei e atletismo, só que não era a prova que a Julia faz hoje (salto com vara), não época nem imagina fazer essa prova. Eu era barreirista e fazia salto em distância. Quando ela decidiu ir para o esporte, disse que era para ela escolher o que quisesse que teria meu apoio em qualquer modalidade”, contou a mãe.

“Eu queria fazer vôlei, mas não tinha no Centro Olímpico, tinha atletismo, fiz a peneira, gostei, passei e ainda bem que passei lá”, relembrou a atleta Julia Calabretti.

Antes de chegar no salto com vara, Julia Calabretti fez testes em outras provas.

Foto: Matias Santana

“Desde que ela começou no salto com vara nos perguntávamos, será que está certo para ela? Ela desenvolveu bastante por conta do Atletismo, mas sempre com a pergunta, será que ela vai conseguir. Aí não tem jeito, o coração aperta toda vez que ela salta e foi assim logo na primeira vez que ela realizou o salto”, contou o pai.

Durante o bate-papo com a família Calabretti perguntamos se o Atletismo transforma vidas. A resposta veio cercada de lembranças, risos e claro, as inevitáveis lágrimas.

Atletismo Paulista – Transformando Vidas

O pai Maurício Calabretti começou respondendo. “Atletismo Transforma Vidas”. (Mas, as lágrimas impediram de continuar).

A resposta seguiu com a mãe… “O Atletismo Transforma Vida e, além disso, essas relações pessoais, trocas… Com a chegada dessa pandemia, se não tivesse o atletismo na vida dela (Júlia Calabretti) que ficou treinando em casa, conversando com os amigos… trocando experiências. O Atletismo muda, pessoas! Ela está passando por essa pandemia de uma forma muito bem, por conta do atletismo.”

Recuperado da emoção, o pai Maurício Calabretti concluiu. “O atletismo ajuda na educação da gente, disciplina e a controlar a emoção… A competição terminou, mas já estamos pensando na próxima. Tem muita gente que não conhece o atletismo e acha que não é nada, as pessoas precisam acompanhar o atletismo, ver de perto.”

“O atletismo não é só correr, tem várias técnicas que ajudam no desenvolvimento e na socialização”, completou a mãe.

“Eu aprendi muito a lidar com a frustração”, Julia calabretti

Ficha técnica da Julia Calabretti

Nome: Julia Santos Calabretti
Equipe: A.D. Centro Olímpico
Treinador: Alexandre Moratto

PBs
Salto com Vara – 3,50 m (Atualizado 27/08)*
Salto triplo – 11,44 m
Salto em Distância -5,72 m

Ranking Brasileiro Sub-18
1º colocada – Salto com Vara (3,50 m)*
4ª colocada – Salto Triplo (11,44 m)
4ª colocada – Salto em Distância (5,72 m)

Ranking Brasileiro Sub-20
1ª colocada – Salto com Vara (3,50 m)*

*Ainda sem poder com a presença do público, a família acompanhou a atleta do lado de fora do local das provas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here