Após 10.03 no Paulista, Felipe Bardi mira GP Brasil Caixa

209
Foto crédito na imagem

Nascido em Americana/SP, Felipe Bardi completou 22 anos (08/10/1998) e hoje é um dos principais velocistas do Brasil. Com o retorno das competições, o atleta participou do Campeonato Paulista Adulto/Sub-20 e embora as marcas não possam ser homologadas devido à velocidade do vento, Felipe Bardi (SESI-SP) fez a final com tempo de 10.04 (+2.6) e na semifinal, fez 10.03 (+2.8).

“Estava trabalhando para isso já tem um tempo. Converso muito com meu técnico e amigo Darci Ferreira e ele sempre me falou que eu poderia chegar ao índice olímpico, infelizmente deu vento, mas vou continuar trabalhando para melhorar ainda mais essas marcas”, disse Bardi.

Além do excelente resultado, Felipe Bardi (SESI-SP), é o atual líder do Ranking Brasileiro 2020, dos 100 m, com 10.34. A marca obtida no 6º Torneio Atletismo Paulista, em março de 2020, coloca o atleta na segunda colocação do ranking Sul-Americano. Ainda segundo o site da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), Bardi é o melhor colocado nos 200 m, com 21.02.

“Eu estava muito focado no começo do ano, comecei bem nas primeiras provas do ano. Estava em busca do índice olímpico nas duas provas, mas entendi que com adiamento tenho mais tempo para me preparar para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020, que será disputado em 2021”, contou Bardi.

Crédito na imagem

Com o retorno das competições, Felipe Bardi explica como foi complicado treinar na pandemia. “Eu estava na minha casa, minha cidade Natal Americana, interior de SP, estava adaptando meus treinos, correndo na rua, levantando sacos de arroz e galões de água. Era o que eu conseguia fazer naquele período difícil”, explicou.

Projetando o futuro, Felipe Bardi segue a preparação para o GP do Brasil, Troféu Brasil e a busca pelo índice olímpico.

“Estou treinando muito bem, além dessas competições acredito que posso chegar muito bem no GP do Brasil. Além do GP Brasil Caixa, o Troféu Brasil é uma competição muito importante para nós, a maior da América Latina. O planejamento é chegar muito bem em todas essas grandes competições”, finalizou.

Felipe Bardi é treinado por Darci Ferreira da Silva. Ex-atleta de meio-fundo, é formado pela UNICAMP. É treinador de atletismo há mais de 15 anos, atuando no SESI-SP nesta função deste 2010. Especialização em Fisiologia do Exercício e Certificado em Nível Internacional pela IAAF para o trabalho do atletismo.

Destaca-se também por ter a mesma qualificação para o trabalho no atletismo paralímpico. Foi professor de curso de pós-graduação na área da fisiologia do exercício na UNICAMP.

“Acredito que estou na minha melhor fase e os resultados mostram isso tanto nas provas dos 100 e 200 m. Estou feliz, focado e treinando bem”, disse Felipe.

Felipe Bardi – Ficha técnica

Nome: Felipe Bardi dos Santos
Apelido: Bardi
Esporte: Atletismo
Equipe: SESI SP
Prova: 100 e 200 metros rasos
Categoria: SUB 23
Data de nascimento: 08/10/1998
Altura: 1.90 cm

Conquistas individuais:

-Campeão Brasileiro 2015
-Campeão Mundial escolar Whuan China 2015
-Campeão Estadual 2016
-Participação Mundial SUB – 20 Polônia 2016
-Participação Mundial de revezamentos Nassau Bahamas 2017
-Bronze Troféu Brasil 2017 100 m
-Bronze Panamericano SUB-20 Trujillo Peru 2017 – 100 m
-Bronze Sul-americano Adulto Assunção Paraguai 2017 – 100 m
-Prata Sul-americano Adulto Lima Peru 2019 – 100 m

Melhores marcas
100 metros – 10.23
10.03 +2.8
10.04 +2.6

200 metros – 21.02
20.66 +3.0
20.78 +2.5

60 metros
6.62

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here