5 hábitos comuns que podem estar causando suas dores nas costas

142

Quem nunca sofreu com dor nas costas? Seja em uma situação pontual ou de forma mais frequente, esta é, sem dúvidas, um dos tipos mais comuns de dores físicas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 80% da população já teve ou terá dor nas costas, e esta é a segunda maior queixa de pacientes em consultórios médicos, perdendo apenas para a dor de cabeça.

Os relatos de dores nas costas aumentaram ainda mais durante a pandemia devido à adoção do trabalho remoto – que, em muitos casos, negligenciou medidas ergonômicas (as pessoas passaram a trabalhar em seus sofás, mesa de jantar, ou camas, por exemplo) – à redução das atividades físicas, ao agravamento de doenças emocionais decorrentes do isolamento social ou até ao abandono de algum tratamento ortopédico em andamento por receio de ir ao consultório.

Mas as dores nas costas são, em sua maioria, causadas por maus hábitos do cotidiano. O ortopedista do esporte, cirurgião e especialista em coluna, Dr. Alexandre Guedes, aponta cinco desses hábitos que estão diretamente relacionados a este tipo de dor:

1 – Má postura ao sentar: sentar-se de forma inadequada, com a coluna curvada, os ombros caídos e a cabeça inclinada para a frente, pode exercer pressão excessiva sobre as estruturas da coluna vertebral, resultando em dor nas costas.

2 – Levantamento de peso de maneira incorreta: levantar objetos pesados sem usar a técnica adequada, como dobrar os joelhos e manter as costas retas, pode sobrecarregar os músculos e ligamentos das costas, levando a lesões e dores.

3 – Carregar bolsas pesadas em um ombro só: o uso de uma bolsa pesada em um ombro só pode causar um desequilíbrio muscular, afetando a postura e colocando pressão desnecessária na coluna vertebral.

4 – Ficar sentado ou em pé por longos períodos: passar muito tempo em uma mesma posição, seja sentado ou em pé, pode causar tensão muscular e rigidez na coluna vertebral, levando à dor nas costas.

5 – Falta de exercício físico: a falta de atividade física enfraquece os músculos das costas, tornando-os mais propensos a lesões e dores.

Quando o quadro de dor nas costas é persistente, é preciso reconhecer que algo pode estar errado e que é hora de buscar ajuda profissional: “A dor nas costas pode ser um sintoma de condições mais graves, tais como hérnia de disco, osteoartrite, estenose espinhal, escoliose e problemas nos discos intervertebrais”, explica o Dr. Guedes.

De acordo com ele, “uma postura inadequada e a falta de exercício físico podem levar a um desalinhamento da coluna vertebral ao longo do tempo, resultando em problemas estruturais mais graves”.

Uma vida sem dores na coluna

Prestar atenção nos cinco maus hábitos cotidianos apontados pelo ortopedista é uma forma efetiva de evitar as dores nas costas. Além disso, é possível adotar algumas medidas simples no dia a dia que favorecem a saúde física desta região específica do corpo:

1 – Mantenha uma boa postura: ao sentar, certifique-se de que sua coluna esteja reta, os ombros relaxados e os pés apoiados no chão. Ao levantar objetos, dobre os joelhos, mantenha as costas retas e use os músculos das pernas para levantar.

2 – Faça exercícios regulares: incorporar exercícios que fortaleçam os músculos das costas e abdominais pode ajudar a sustentar a coluna e reduzir o risco de lesões.

3- Faça pausas durante o trabalho: se você passa muito tempo sentado em frente a um computador, é importante fazer pausas regulares para levantar, esticar e mover-se um pouco.

4 – Use uma cadeira ergonômica: se possível, escolha uma cadeira que forneça suporte adequado para as costas e possua ajustes de altura e inclinação.

5 – Cuide do seu colchão: certifique-se de ter um colchão que proporcione suporte adequado para a coluna durante o sono.

6 – Pratique alongamentos: Realizar alongamentos suaves regularmente pode ajudar a manter a flexibilidade da coluna e reduzir a tensão muscular.

A maioria das dores nas costas são tratadas de forma conservadora, com fisioterapia, atividade física, medicações e controle do peso corporal, sendo que a minoria culmina numa indicação cirúrgica. É importante reforçar que dores nas costas persistentes, intensas ou incapacitantes alertam para a necessidade de orientação médica para que seja feito um diagnóstico preciso e um tratamento adequado.

Sobre o Dr. Alexandre Guedes

Com vasta experiência nas áreas da ortopedia esportiva, do tratamento da coluna e de cirurgias minimamente invasivas, o Dr. Alexandre Guedes oferece atendimento individualizado aos pacientes, através de uma escuta atenta e com os melhores e mais efetivos tratamentos para promover saúde e qualidade de vida.

Formado em Medicina pela UNIFOA – Centro Universitário de Volta Redonda (RJ), com Residência Médica pelo Hospital Servidor Público Municipal de São Paulo, o Dr. Alexandre Guedes é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia, além da Sociedad Latinoamericana de Artroscopia, Rodilla y Deporte e da International Society of Arthroscopy.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here